Observação de Pássaros

Santa Catarina apresenta ambientes diversos que abrigam uma grande variedade de pássaros e um cenário fantastico!


Todas as fotos por © Neno Brasil.

Os passeios serão guiados por um ornitólogo formado em biologia pela UFSC e com mestrado em Ecologia e Conservação pela UFPR, que trabalha com aves no Sul do Brasil há 10 anos.

Consulte-nos sobre nossos roteiros de 2, 5 ou 10 dias.


Florianópolis, com sua diversidade ambiental de praias, dunas, restingas, florestas, banhados, lagoas e manguezais, abriga mais de 300 espécies que aqui já foram reportadas, como tico-tico-do-banhado (Donacospiza albifrons), canário-do-brejo (Emberizoides ypiranganus), saíra-sapucaia (Tangara peruviana), dragãozinho (Pseudoleistes virescens), gaviões, aracuãs (Ortalis guttata), beija-flores, tucanos (Ramphastos dicolorus e Ramphastos vitellinus), gralha-azul (Cyanocorax caeruleus), tangará-dançador (Chiroxiphia caudata), maçaricos, fragata, atobá, gaivotas, trinta-réis e outras aves de área costeira e manguezal, entre eles saracura-matraca (Rallus longirostris) e sargento (Agelasticus thilius).

Na região do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, temos patos, gaviões, maria-da-restinga (Phylloscartes kronei), rendeira (Manacus manacus), cardeal-do-banhado (Amblyramphus holosericeus), jacutinga (Aburria jacutinga), pica-pau-anão-carijó (Picumnus nebulosus), araponga (Procnias nudicollis), corocochó (Carpornis cucullata).

Na Serra Catarinense, temos papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea), charão (Amazona pretrei), bacurau-da-telha (Caprimulgus longirostris), pica-pau-anão-carijó (Picumnus nebulosus), grimpeiro (Leptasthenura setaria), grimpeirinho (Leptasthenura striolata), pedreiro (Cinclodes pabsti) e outras aves de altitude.

No litoral norte de SC, há o bicudinho-do-brejo (Stymphalornis acutirostris) e a maria-catarinense (Hemitriccus kaempferi).